Sábado, Dezembro 16, 2017
   
Texto
      

Dinheiro no Brasil vale mais que ouro

Por Paulo França

(leitores em 122 países, lectures in 122 countries) (*)

AIN (Agência Internacional de Notícias, International News Agency) (**)

Publicado em 01o/01/2017

published in january 01o, 2017, 17h41min

Quem investiu na Bolsa de Valores em 2016 teve um rendimento médio de 37,91%, que foi a variação do Índice Bovespa. O dólar variou por volta de 16%. O ouro variou em torno de 12%.

Se você vai buscar, por exemplo, R$ 5.000,00 em uma financeira como a BMG do centro de São Paulo, você vai ter que devolver o dinheiro em 5 parcelas de R$ 1.400,00, portanto você pagará 40% de juros sobre o valor recebido como empréstimo.

Diante do exposto nos dois parágrafos anteriores podemos afirmar que “Dinheiro no Brasil vale mais que Ouro”.

Tem banco, como o Santander, que nega limites de créditos para micro empresas que tiveram dificuldades em pagar seu empréstimo, em decorrência da crise macroeconômica longa do Brasil. É uma instituição financeira que não cumpre a função social como banco e não justifica a autorização que possui do Banco Central para funcionar no Brasil.

Tem administradora de cartão de crédito, como a Losango, que já cobra mais de 16% de juros por um dia de atraso no pagamento. Cobra ainda multa, juros de mora e IOF sobre o empréstimo rotativo.

Financeira com a do Itaú, que administra os cartões de créditos dos Supermercados Extra, nega a emissão de cartão de crédito para quem não tem nenhuma restrição no Serasa e no SPC.

Procure formas diversificadas para ganhar dinheiro, economize, poupe e invista. Não aceite abusos de bancos e financeiras, acesse o site www.reclameaqui.com.br e deixe a sua reclamação.

(*) Paulo França é o Editor e Fundador da Agência Internacional de Notícias (AIN, www.soeconomia.com.br). Apresentador e Diretor Executivo do Programa de TV Talento Digital.

(**) A AIN tem audiência de mais de 3.600.000 acessos.

Copyright by Paulo França & Associados 2017. Essa matéria não pode ser reproduzida por qualquer meio, sem autorização da empresa controladora deste veículo de comunicação.

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

whatsapp e tim de São Paulo: 55.11.9.4779.8404

Para mas informações, acesse:

www.reclameaqui.com.br

Busca

REDES SOCIAIS

Anunciantes